A região de Balneário Camboriú é conhecida pelas suas belas praias e beleza natural, uma delas é a famosa Praia do Pinho, que está localizada a 80 km da capital Florianópolis. A Praia do Pinho é considerada a primeira praia de naturismo do Brasil e possui uma linda paisagem do oceano Atlântico e da reserva natural que está ao seu redor.

A prática de nudismo na Praia do Pinho data de 1983, isso porque toda a mata ao redor desta praia sempre foi praticamente intocada. São 500 metros de extensão com areias e águas claras, que estão protegidas pelas montanhas. A história da Praia do Pinho é contada em duas versões, primeiro que a praia era frequentada por algumas dançarinas de uma casa noturna, que junto de alguns casais praticavam o naturismo. Mas o proprietário das terras em frente à praia, Domingos Fonseca, não gostava das visitas e algumas vezes os expulsavam. Outras histórias contam que na verdade a prática do nudismo na Praia do Pinho começou por causa dos Argentinos, que já naquela época nos visitavam com frequência.

Mas no dia 25 de fevereiro de 1984 a Praia do Pinho ganhou destaque na Revista Manchete, com a reportagem de Tarlis Batista, o título era “Todo mundo nu em Camboriú” que acabou elevando a praia como uma das mais sofisticadas. Porém em 1988, durante uma reportagem ele admite que a publicação da matéria fez com que a prática tranquila de nudismo que acontecia fosse abalada pela quantidade de visitas que a Praia do Pinho estava recebendo. Indiferente de qual seja a origem do naturismo, a Praia do Pinho foi considerada nesta matéria como a primeira e única do gênero no país.

blogsonali11-praia-do-pinho2

Imagem: Flikr fabian.kron

Foi então com a grande repercussão e procura que começou pela Praia do Pinho, e com algum incentivo dos naturistas Domingos Fonseca resolveu construir uma pousada e um restaurante no local. Um ano após a publicação da reportagem, em 1985, o número de turistas que visitavam a praia havia passado da média de trinta pessoas e agora atingia quase duzentas.

A grande procura pela Praia do Pinho e a prática de naturismo despertou dois lados na política de Balneário Camboriú. Alguns aceitavam e incentivavam a prática, contanto que não afetassem de alguma forma uma parte da sociedade que não estava envolvida, e outros criticavam, julgavam e promoviam conflitos entre os naturistas e a polícia, até o dia em que 25 naturistas foram presos, e acabaram recebendo apoio de alguns governantes e da imprensa local.

No mesmo ano, 1986, os naturistas liderados por Celso Rossi, Rose Espíndola e Sergio Oliveira foram atrás do reconhecimento do local, como uma área oficial para a prática de naturismo. A consolidação ocorreu com a fundação da AAPP – Associação Amigos da Praia do Pinho, e assim aplicaram algumas regras que passaram a ser seguidas, sempre prezando pelo respeito.

Todas as atividades comerciais que acontecem na Praia do Pinho são organizadas e exercidas pelo Complexo Turístico Praia do Pinho LTDA, o local ainda possui uma das melhores infraestruturas do país. Essa é uma das mais belas praias de nossa região para você conhecer.